10 dicas de roteiros no Rio para se sentir em outro lugar

O Carioquinha Viajandão trouxe para cariocas a oportunidade de ver o estado do Rio de uma maneira diferente. Dentre os mais de 70 roteiros e meios de hospedagem do feirão online, o Carioquice listou 10 atrações que você provavelmente não sabia que era possível ver ou fazer no Rio de Janeiro e que vai te fazer pensar que não está Rio:

a54aed86-07a9-4533-a8fe-cff462ba923c

Rota Cervejeira

1 –  Degustar quatro tipos de cerveja Weihenstephan, produzida a partir de um mosteiro localizado na cidade alemã de Freising, na Baviera, reconhecida como a cervejaria mais antiga do mundo em atividade, desde o ano de 1040. As cervejas Weihenstephaner são especiais e exclusivas, únicas com Documentação de Origem Controlada (DOC) e na rota Cervejas e Roteiros de Nova Friburgo  você pode experimentar uma sequência de quatro tipos dessa preciosidade.

haras_vale_do_fojo_guapimirim_rj_7

Túnel dos Escravos

2 – Conhecer o Túnel dos Escravos, uma das descobertas mais incríveis feitas após   mapeamento inédito das atrações turísticas de Guapimirim, localizado no distrito de Vale das Pedrinhas, acredita-se que esse túnel subterrâneo tenha sido construído por escravos há aproximadamente 300 anos.

3 – Ir a uma fazenda para visitar uma criação de cabras e o processo de fabricação, com degustação de queijos e se sentir na França só fazendo o Circuito Terê-Fri.

4 – No mesmo roteiro, conhecer a fabricação e degustar queijos e chocolates na Queijaria Suíça em Friburgo.

focagem_jacare_apa_guapimirim_rj_1

APA de Guapimirim: pantanal fluminense

5 – Ir até a morada do jacaré-de-papo-amarelo em um passeio noturno pelas águas escuras do rio Guapimirim, com barqueiro e guia especialistas na região, conhecida como a Área de Proteção Ambiental de Guapimirim – um pantanal fluminense para o carioca chamar de seu.

6 – Observar botos cinza na Baía de Guanabara. Se você achava que estava tudo perdido nessas águas poluídas, enganou-se. Nesse tour que percorre o rio Guarai, é possível visitar os currais de pesca e ver um dos 36 golfinhos que resistem a degradação de seu habitat. A APA de Guapimirim é a responsável pela manutenção do único manguezal preservado do entorno da Baía – que, na década de 80, chegou a ter mais de mil golfinhos.

7 – Observar aves em Paraty. Com inúmeras unidades de proteção ambiental, que contribuem para a preservação de mais de 450 espécies, sendo 116 endêm

dpedro7

Saraus teatralizados

icas, Paraty entrou recentemente para o seleto grupo de cidades que exploram turisticamente esse potencial tão procurado por turistas estrangeiros.

8 –  Fazer uma viagem no tempo e participar de um sarau cultural, com personagens vestidos com roupa de época e quitutes da época colonial na Confeitaria Colombo ou numa Fazenda do Ciclo do Café.

c3b1e10017aa788e0e506c0d37f59383

Laranjas para colher e chupar na hora

9 –  Conhecer o processo de produção da melhor laranja de mesa do país, a seleta, e participar da colheita, podendo chupar quantas puder, diretamente do pé. Os laranjais compõem a rica paisagem natural de Tanguá (RJ), que bem podia ser na Flórida #SQN

12068732_1652928934945953_6175502227868082144_o

Ilha do Bernardo: paraíso escondido

10 – Passar um dia na Ilha do Bernardo, uma ilha escondida entre Itacuruçá e da Restinga da Marambaia com praias lindas, trilhas, mirante, restaurantes e até pousada. Um pequeno paraíso quase dentro da cidade.

Se gostou, corre que ainda dá pra comprar esses roteiros com desconto!! É só mais esse fim de semana!

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.